Telefone:
021 3747-5200

Trabalhe Conosco

Certificados

C-Innovation Expande Operações no Brasil

C-Innovation Expande Operações no BrasilColaboração Alex Maia – A afiliada da Edison Chouest Offshore, C-Innovation, é uma empresa especializada em prover os serviços de robótica submarina ou como melhor conhecidos ROV, sigla em inglês para Veículo Remotamente Operado. Fundada em 2007 e atualmente com 29 ROVs, começou suas atividades no Brasil em 2008, quando contratou uma equipe de Operadores e Supervisores de ROV e começou a participar em licitações e concorrências. Enquanto aguardavam pelos contratos no Brasil, essa equipe trabalhou nos contratos que a empresa já possuía no Golfo do México e Mar do Norte.

A primeira atividade da C-Innovation no Brasil foi com dois ROVs a bordo do navio SSCV (semi submersible crane vessel) HERMOD, da Heerema Marine Contractors, em Novembro de 2009. O escopo de trabalho foi a instalação de duas plataformas fixas no campo de Peregrino, tendo como cliente final a Statoil.

Em Junho de 2011, chegou ao Brasil o navio sonda da Ensco, DEEP OCEAN CLARION, com dois ROVs da C-Innovation a bordo, para uma campanha de perfuração exploratória da BP de no mínimo três anos. Atualmente estão perfurando o poço Itaipu 2, no BM-C-32.

Em início de agosto iniciamos a mobilização no Navship de um ROVa bordo do AHTS OLlN CONQUEROR, embarcação da Chouest afretada pela OGX. A primeira tarefa desse ROV será dar apoio aos trabalhos de ancoragem do FPSO que produzirá o primeiro óleo da petroleira nacional.

Outro projeto em curso é o RSV (ROV support vessel) JOE GRIFFIN que está sendo mobilizado nos EUA. O JOE GRIFFIN, uma embarcação da Chouest, é originalmente um PSV e foi convertido em RSV com a adição de guincho e guindaste de 1OTon, A-frame de popa, módulo de extensão de casario, correntômetro e seu sistema de lançamento e é claro ROV. A embarcação estará afretada para a Petrobras, mais especificamente MIS (Manutenção e Inspeção Submarina) pelos próximos cinco anos, com possibilidade de renovar por mais cinco.

Até o final do ano a C-Innovation do Brasil terá quatro ROVs e estes serão os primeiros de muitos!